Dia do Trabalho: o que há de novo no mercado?

No contraponto dos 13 milhões de desempegados, é possível exaltar os quase 52 milhões de empreendedores no Brasil, um caminho para prosperar no mercado de trabalho

O Dia do Trabalho (ou do Trabalhador) vem sendo comemorado em muitos países do mundo desde o século XIX, na data que marcou uma grande greve promovida pela classe operária, na luta por direitos. O movimento paralisou parques industriais na  Chicago de 1886. Houve forte repressão policial e uma sequência de eventos tensos nos dias seguintes. O 1º de Maio virou feriado, inclusive aqui no Brasil República e motivo de festas entre trabalhadores, fomentadas por centrais sindicais,  até hoje.

Em cada feriado, lembra-se da luta. Mas, se historicamente a classe trabalhadora brigou por melhores salários e condições de exercer a função, atualmente, a batalha de milhões é de conseguir inicialmente um emprego. Mais precisamente,  13 milhões de brasileiros, ainda fora do mercado de trabalho, buscam um espaço nesse “sol”, num índice anual que pode fechar 2019 acima de 12%, quando a média mundial é de 5%, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT). 

Embora o cenário se apresente aparentemente negativo, existe uma outra vertente ativa, que também cresce como tendência inovadora e não está ligada apenas à necessidade de criar alternativa pela falta de uma vaga no mercado formal. O abrir o próprio negócio, o arriscar-se em mundos inicialmente desconhecidos, o encorajar-se a buscar um novo caminho, enfim, o Empreendedorismo se coloca como oportunidade real para um futuro promissor.

Um levantamento  feito em 49 países, e no Brasil,  coordenado pelo Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP), em parceria com o Sebrae, apontou o crescimento. Hoje, de cada cinco adultos, dois são empreendedores, e correspondem a quase 52 milhões de pessoas. Os jovens são em maior número. Porém, pessoas mais velhas até a terceira idade vêm despertando para essa nova possibilidade. Empreender por necessidade de sustento ainda significa o maior número de negócios com essa característica. Mas cresce também a quantidade de iniciativas postas em prática apenas por enxergar soluções e um bom nicho de mercado junto.

Ter criatividade, arrojo e espírito inovador estão entre as característica do empreendedor. E talvez nesse feriado, alguém assim esteja se fazendo a pergunta: como eu posso sair dos 13 milhões para me tornar um dos 52 milhões? Uma das respostas: Apostar em áreas que estão em alta, como agronegócio, saúde e cidades inteligentes, manter a visão no futuro para enxergar o que ninguém ainda enxergou, trilhar o conhecimento, perseverar… E sempre, sempre… Acreditar em você!

Mulheraço Maio Amarelo: Evento na Metronorte JK faz alerta sobre trânsito

Adriana Pontin organiza evento que alia a homenagem no mês das mães e a conscientização no trânsito

Mulheraço-Metronorte-páginas-002.png

Resolver um probleminha corriqueiro que surge no carro; ou poder estar atenta na hora de levar o veículo para a oficina. Dicas básicas de mecânica vão ser passadas para mulheres, em um bate papo descontraído na Metronorte JK, no dia 29 de maio, a partir das 19h30.

“A ideia surgiu como homenagem ao mês das mães. E já que maio é também o mês da campanha nacional Maio Amarelo, de conscientização para os perigos do trânsito, decidimos lincar tudo e realizar esse encontro junto com o Projeto Mulheraço”, explica Vilson Bassetto, diretor de operação da Metronorte. Por isso, as convidadas também vão receber informações sobre o trânsito, desde a legislação até alertas sobre direção defensiva, para prevenção de acidentes.

Adriana Pontin lembra que “o tema da campanha em 2019 tem tudo a ver com o projeto MULHERAÇO, criado com a proposta de oferecer oportunidades que inspiram mulheres a se desenvolverem e se tornarem uma versão melhor delas mesmas”. O slogan deste ano é: “No trânsito, o sentido é a vida”, por isso a diretora de negócios complementa: como as estatísticas indicam, as mulheres são mais prudentes e menos agressivas ao volante. E também podem inspirar nesse sentido da vida!” Para tratar desse assunto, convidamos também a psicóloga especialista em trânsito Patricia Emi.

O MULHERAÇO MAIO AMARELO vai receber as mulheres com um delicioso coquetel. E na ocasião, os novos modelos GM também vão encher os olhos das participantes. Vilson Bassetto já adianta: “queremos que esse seja o primeiro de muitos eventos como esse. O MULHERAÇO MAIO AMARELO já entrou para o calendário anual da Metronorte!”