Feriado municipal de Londrina alia religiosidade e festa

Dia do padroeiro de Londrina remete à história e a fé da comunidade católica

AP SAGRADO.png

O padroeiro de Londrina sempre foi o Sagrado Coração de Jesus. Mas só a partir de 2003, o feriado religioso – que é móvel, comemorado na sexta-feira seguinte ao Corpus Christi – passou a valer no município.

Os católicos contam que foi ideia dos primeiros moradores da cidade antes mesmo da emancipação política, ocorrida em dezembro de 1934. Em março de 1932, época em que Londrina pertencia à diocese de Jacarezinho, o bispo Dom Fernando Tadei trouxe para cá a primeira imagem do padroeiro, que desde então pode ser apreciada na Catedral Metropolitana.

Até 2002, porém, havia uma confusão – a até polêmica religiosa – já que se acreditava ser Nossa Senhora da Imaculada Conceição a verdadeira padroeira, festejada no dia 8 de dezembro, antevéspera do aniversário do município.

Desde a oficialização do feriado municipal, a data é comemorada com festa e devoção. No estacionamento da Catedral, barracas de comidas típicas e brincadeiras infantis são atração todos os anos, fora a programação religiosa para os devotos. A movimentação de uma sexta-feira comum dá lugar a paisagens tranquilas, com pouca gente na rua, que aproveita o dia, também, para descansar.

Publicado por

Adriana Pontin

Adriana Pontin

Desde 2008 a Excelência Mkt & Eventos atua como mentoria especializada em fortalecer marcas e desenvolver negócios com soluções inovadoras. Os projetos estão sob a direção da estrategista de marketing e eventos, Adriana Pontin, que desenvolve planejamento estratégico com ações criativas e funcionais integrando as plataformas on-line e off line.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *