Mulheraços Contra Violência

3ª edição “ELAS FAZEM E ACONTECEM” MULHERAÇOS CONTRA A VIOLÊNCIA

Quantos desafios surgiram no mundo da pandemia… Fora a própria doença, um dos que mereceram mais destaque na imprensa nacional foi o aumento acelerado da violência doméstica. A união para enfrentar crimes covardes contra a mulher, a atuação da rede de proteção e o uso da tecnologia para combater o problema serão pautas principais do evento “MULHERAÇOS CONTRA A VIOLÊNCIA”, no dia 15 de agosto, na terceira edição do  “ELAS FAZEM E ACONTECEM”, promovido pelo hub de negócios MULHERAÇO BRASIL.

MULHERAÇOS CONTRA VIOLÊNCIA

MULHERAÇOS CONTRA A VIOLÊNCIA” será realizado em formato híbrido, ou seja, com alguns palestrantes e participantes à distância, e outros presencialmente em Londrina. O evento será transmitido ao vivo pelo canal do YouTube do MULHERAÇO BRASIL das 8h às 11h30.

O evento híbrido depende do live streaming para ser realizado. Além de uma plataforma de transmissão ao vivo, é necessário ter uma equipe de produção profissional e um link de internet dedicado. Já providenciamos tudo para que possamos estar juntos, mesmo com a distância, mas aproveitando o máximo da expertise e conhecimento dos convidados à palestrar na 3ª edição do Elas Fazem e Acontecem.

As inscrições já estão disponíveis no site mulheraco.com.br, e são gratuitas. O evento tem patrocínio das empresas: Adria Laboratórios, Gráfica Universal, Sabrina Teixeira Salão de Beleza e Balconi Moreti Advocacia de Inovação.

PALESTRANTES

O evento contará com nomes de peso na discussão do tema, representando órgãos da mais alta credibilidade no Brasil, e ainda fará a divulgação de uma importante ferramenta para ajudar no combate a situações de violência: o aplicativo (APP) “Linha Direta”.

“Linha Direta” já está sendo aplicado em parceria com órgãos como a Polícia Militar do Rio de Janeiro e o Ministério Público de São Paulo.

Criado por Leonardo Gandelman, fundador da WerTog, empresa desenvolvedora de softwares, desde 2016, o aplicativo para celular está disponível para os sistemas IOS e Android, e utiliza o conceito de segurança compartilhada. A pessoa baixa o APP e cadastra contatos da sua confiança. Quando estiver em situação de perigo, aperta uma sirene no aparelho, que só vai soar para o contato, como um pedido de socorro

A diretora do MULHERAÇO BRASIL Adriana Pontin destaca que “em tempos de isolamento social, nossa intenção é trazer mais que um debate sobre um assunto sempre em pauta. É preciso oferecer alternativas para minimizar a violência, que passam sim pelos canais oficiais de denúncia, mas também pelo uso da tecnologia já disponível.”

Iniciamos com Dra Beatriz Peruffo, direto de Bento Gonçalves – RS. Ela é Conselheira Federal da OAB e Fundadora da “Rede Mulheres Mais Felizes” com mais de 8.600 mulheres integrantes. De Curitiba – PR, a Dra Priscilla Placha Sá, Desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná e Coordenadora Estadual da Mulher em Situação de violência Doméstica e Familiar. De Londrina – PR, a Dra Zilda Romero, Juíza da 6ª Vara Criminal, mais conhecida como Vara Maria da Penha. Do Rio de Janeiro, a Dra Renata Gil, Juíza Criminal e Presidente da Associação dos Magistrados do Brasil, mentora da campanha contra a violência doméstica “Sinal Vermelho” e também de Londrina, Dra Vania Queiroz, Presidente da OAB Londrina e uma das Fundadoras da Associação Nós do Poder Rosa são presenças confirmadas para o “MULHERAÇOS CONTRA A VIOLÊNCIA”.

Adriana Pontin salienta que “mesmo com a limitação na realização de eventos presenciais, o assunto não pode deixar de ser propagado, uma vez que o agressor está dentro de casa, confinado junto com a vítima. Com palestrantes do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Curitiba e Londrina esperamos que as informações sejam propagadas para um número muito maior de pessoas.”

NÚMEROS ALARMANTES

Os dados tristes comprovam: Só em junho, houve aumento de 22% de feminicídios em 12 Estados brasileiros, de acordo com um levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), a pedido do Banco Mundial. E os casos de denúncia de violência doméstica cresceram 35% durante a pandemia em todo país, de acordo com o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. São mulheres tentando, ao mesmo tempo, livrar-se de um vírus e salvar a própria vida.

TODOS JUNTOS CONTRA A VIOLÊNCIA

Baixe o APP Mulheraço para interações, dúvidas e perguntas durante o evento. Acompanhe nossas redes sociais e conheça mais sobre os palestrantes e o Aplicativo Linha Direta.

Convide quantas pessoas você quiser e achar interessante para estar conosco no “Mulheraços Contra Violência”, todos nós juntos e unidos podemos diminuir os números alarmantes de violência.

Clique aqui e inscreva-se

Feijuca 2019: a organização de evento solidário com a equipe Excelência

Equipe de Adriana Pontin foi a responsável pela identidade visual, divulgação e assessorou no planejamento do evento, com sucesso de público no Buffet Planalto

FEIJUCA-Midias-1707.png

Aliar boa gastronomia, atrações para adultos e crianças, e a razão de ser da grande festa, que se repete há nove anos em Londrina: a ação solidária para arrecadar fundos e beneficiar um projeto que faz a diferença. A Feijuca APAE 2019, teria que ser planejada meses antes, para ser realizada no dia 07 de julho, no Buffet Planalto. Como o próprio nome sugere, um almoço com Feijoada Completa, regada à música ao vivo, leilão, brinquedos para as crianças e apresentações artísticas com alunos da APAE.

Cuidar de todos os detalhes de um evento já tradicional e com credibilidade seria um desafio recompensador. E assim, a Excelência Mkt & Eventos, entrou nessa linda história, mergulhando de forma solidária no projeto em que também acredita. Utilizando toda a experiência na organização e divulgação de eventos, a equipe começou do zero e entregou – de fato – uma festa memorável.

“Readequamos a logomarca do evento, criamos o convite, artes para divulgação, a camiseta, enfim, transformamos a identidade visual da Feijuca para que o público compartilhasse do nosso sentimento solidário e adquirisse os convites”. Adriana Pontin, diretora executiva da Excelência lembra de cada detalhe da festa, que exigiria também a divulgação. “As artes para as Redes Sociais também ficaram por nossa conta, além da divulgação do evento em si, com produção de conteúdo no Blog Adriana Pontin.”

Um planejamento minucioso do evento em si também foi pensado. “Assessoramos os coordenadores da APAE na elaboração do projeto, indicando fornecedores, criando o layout com o mapa das mesas no salão, revisamos todo cerimonial , e no dia, o resultado não poderia ser outro: pessoas satisfeitas de todos os lados”, completa Adriana.

A Feijuca reuniu 900 pessoas, e contou com 18 patrocinadores e apoiadores. Na apresentação musical “Os Beto”, com muito samba de raiz, a dança encantadora das crianças da APAE, além das atrações tradicionais.  “Todos os anos, esperamos muito essa festa que nos ajuda nos projetos e na continuidade da instituição, que conta com repasses governamentais para sobreviver”, explica o diretor Edson Zanin. “Este ano, o dinheiro será aplicado na readequação do sistema de segurança, exigido pelo Corpo de Bombeiros, na iluminação e manta térmica da quadra. Além de podermos investir no mobiliário do refeitório e na substituição de todo sistema elétrico”, comemora Edson.