O doce sabor de homenagear quem presenteou com a vida

Neste Dia das Mães, não se culpe por presentear, mimar e dar muito amor a quem gerou sua vida. De todas as formas possíveis!

WhatsApp Image 2019-05-11 at 12.53.22 (1)

Você já se perguntou porque o Dia das Mães é uma data tão forte? A data é sim a segunda melhor do ano para o comércio. Mas não creia que seja meramente por um apelo comercial. A origem, inclusive,  prova isso.

A americana Anna Jarvis é considerada a patrona da data.  Ao perder a mãe, Ann Marie Reeves Jarvis, em maio de 1905, teve a ideia de criar um dia especial para homenagear todas as mães e ensinar a importância da figura materna. Da cidade natal ao país inteiro, ampliou a reverência sem querer, e a data foi instituída e consolidada em todo segundo domingo de maio. Várias partes do mundo contemporâneo comemoram dessa forma o Dia das Mães, entre elas, o Brasil.

E o “ser mãe” é cultuado bem antes de Anna Jarvis. Desde a Idade Antiga, há relatos de rituais e festivais em torno de figuras mitológicas maternas, como fenômenos de fertilidade. Imagens simbólicas de mães também passaram a ser associadas a personagens bíblicas, como Maria. Até mesmo a primeira delas, Eva… Ancestrais dos  tempos consumistas, as progenitoras mostram que – por um dom divino – são vistas como seres com poder de gerar e perpetuar a vida. E por isso, merecem homenagem. 

Na realidade atual, a data reforça, sim,  os vínculos familiares. É o maior presente que se tem. Um dia dedicado à uma só figura. Mesmo com novos modelos de famílias em construção, as mães, que também podem ser representadas por qualquer responsável pelos filhos,  mantêm a força da imagem com incondicional capacidade de amar.

Por esses motivos, com ou sem presente material, no ontem e no hoje, com olhares e afetos, indiscutivelmente, ame, presenteie, homenageie. Olhe nos olhos, e faça-a acreditar ela é sua principal personagem!

Hoje é dia do profissional que transforma tendências de mercado em estratégias para o sucesso de empresas!

O profissional que tem o “mercado” no nome é homenageado em 08 de maio

0805.jpg

Um dos nomes mais importantes do Marketing mundial, o americano Philip Kotler, deixou cravada na história uma das mais célebres definições sobre o que se transformou em uma das áreas mais estratégicas da atualidade:

“Marketing é a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades do mercado por meio de produtos ou serviços que possam interessar aos consumidores. A finalidade do marketing é criar valor e chamar a atenção do cliente, gerando relacionamentos lucrativos para ambas as partes.”

Ou seja, o foco do profissional de Marketing está no consumidor. Por isso, ele faz estudos de mercado e cria estratégias de comunicação para atingir esse objetivo. Se na origem da palavra, o Marketing está relacionado a mercado, o especialista também atua para aumentar as vendas de uma marca ou uma empresa. Nas mãos (e na mente) dele,  um produto ou um serviço se torna mais atraente para o seu público-alvo, com inteligência, criatividade e usando o mundo à volta para seduzir.

A  Excelência Mkt & Eventos trabalha com Marketing e suas estratégias há mais de dez anos em Londrina e região.  E atua com uma equipe de profissionais qualificados na elaboração de planejamentos personalizados e soluções para cada demanda. “Entendendo as mudanças de comportamento da sociedade, antenada com novas necessidades de consumo e tendências de mercado, nossa empresa vem crescendo com cada cliente. Sentimos a satisfação em resultados alcançados com todos”, resume Adriana Pontin, diretora de negócios da Excelência.

A equipe parabeniza todos os profissionais de Marketing em atuação!

Dia do Trabalho: o que há de novo no mercado?

No contraponto dos 13 milhões de desempegados, é possível exaltar os quase 52 milhões de empreendedores no Brasil, um caminho para prosperar no mercado de trabalho

 

FEED-ADRIANA-ROXO02.png

O Dia do Trabalho (ou do Trabalhador) vem sendo comemorado em muitos países do mundo desde o século XIX, na data que marcou uma grande greve promovida pela classe operária, na luta por direitos. O movimento paralisou parques industriais na  Chicago de 1886. Houve forte repressão policial e uma sequência de eventos tensos nos dias seguintes. O 1º de Maio virou feriado, inclusive aqui no Brasil República e motivo de festas entre trabalhadores, fomentadas por centrais sindicais,  até hoje.

Em cada feriado, lembra-se da luta. Mas, se historicamente a classe trabalhadora brigou por melhores salários e condições de exercer a função, atualmente, a batalha de milhões é de conseguir inicialmente um emprego. Mais precisamente,  13 milhões de brasileiros, ainda fora do mercado de trabalho, buscam um espaço nesse “sol”, num índice anual que pode fechar 2019 acima de 12%, quando a média mundial é de 5%, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT). 

Embora o cenário se apresente aparentemente negativo, existe uma outra vertente ativa, que também cresce como tendência inovadora e não está ligada apenas à necessidade de criar alternativa pela falta de uma vaga no mercado formal. O abrir o próprio negócio, o arriscar-se em mundos inicialmente desconhecidos, o encorajar-se a buscar um novo caminho, enfim, o Empreendedorismo se coloca como oportunidade real para um futuro promissor.

Um levantamento  feito em 49 países, e no Brasil,  coordenado pelo Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP), em parceria com o Sebrae, apontou o crescimento. Hoje, de cada cinco adultos, dois são empreendedores, e correspondem a quase 52 milhões de pessoas. Os jovens são em maior número. Porém, pessoas mais velhas até a terceira idade vêm despertando para essa nova possibilidade. Empreender por necessidade de sustento ainda significa o maior número de negócios com essa característica. Mas cresce também a quantidade de iniciativas postas em prática apenas por enxergar soluções e um bom nicho de mercado junto.

Ter criatividade, arrojo e espírito inovador estão entre as característica do empreendedor. E talvez nesse feriado, alguém assim esteja se fazendo a pergunta: como eu posso sair dos 13 milhões para me tornar um dos 52 milhões? Uma das respostas: Apostar em áreas que estão em alta, como agronegócio, saúde e cidades inteligentes, manter a visão no futuro para enxergar o que ninguém ainda enxergou, trilhar o conhecimento, perseverar… E sempre, sempre… Acreditar em você!

 

Dia do Trabalhador na era do Covid-19

Um 1º de maio inédito, como se estivéssemos em guerra, num momento histórico que ressalta a importância dos trabalhadores invisíveis

É impressionante como uma coisinha tão pequena, minúscula, invisível, tenha capacidade e poder de paralisar o mundo. No Brasil, nunca vivemos uma guerra, não estamos preparados e nem mesmo temos a noção de como isso seria. Mas, é certo que crises de qualquer espécie fecham e abrem portas, e claro, transformam comportamentos e atitudes. Nesse exato momento, o mundo já mudou e cada um passa por isso da sua maneira, reinventando sua rotina, se descobrindo como um estrangeiro… um momento de reflexão e descoberta interior.

Estamos privados da nossa rotina, sem poder ver pessoas que a gente gosta, de quem sentimos imensa falta, não podemos cumprir compromissos. E temos que realizar serviços que não estamos acostumados.

Mães e pais estão se revezando para cumprir as tarefas escolares junto a seus filhos – a valorização do professor nunca foi tão certa como agora. A limpeza e manutenção do lar se divide, além da rotina profissional, entre os moradores da casa. Um simples levar o lixo tem visibilidade e significado incrível, que anteriormente passava despercebido. Trabalhadores invisíveis estão sendo lembrados diariamente nesse momento de isolamento – profissionais do lar, da saúde, da comunicação, garis, professores… tantas são as atividades exercidas que só com essa crise estão sendo valorizadas e reconhecidas. Conseguimos ver a essência necessidade de compartilhamento, solidariedade e empatia.

Esse é um 1º de maio histórico. O palco da comemoração será em nossos lares, todos juntos, isolados, mas cada um por sua conta. Com uma pandemia que marca o Século com os limites do progresso e da revolução tecnológica. Investimos tanto na tecnologia, mas não em sistemas de saúde e de prevenção que pudessem conter uma coisinha minúscula, mas um grande inimigo invisível.

No mundo de 2020, estamos confinados devido à pandemia de COVID-19, e celebramos o Dia do Trabalhador com reflexão e transformação de mentalidade, ressaltando o papel crucial dos trabalhadores na linha de frente da crise de saúde, dos que ensinam nossas crianças nas escolas, dos que fazem a manutenção e limpeza das nossas casas e municípios, dos que estão a frente de decisões importantes como os contadores, advogados, cientistas políticos, economistas e tantos outros que podem ser invisíveis para uns e para outros não, mas, todos merecem o reconhecimento pelo trabalho exercido.

Com carinho, desejo Feliz Dia do Trabalhador para todos!

Adriana Pontin

Dia do Profissional de Eventos

Hoje é dia de parabenizar todos os profissionais de eventos! Os responsáveis pela realização de experiências únicas e inesquecíveis.

Um evento organizado e planejado é um acontecimento que relaciona pessoas com interesses comuns e pode ser feito de diversas maneiras. Um lançamento de  produto, apresentação de um líder, gerente ou novo colaborador. Divulgação do recebimento de um prêmio, congresso, convenção, exposição, apoio à arte e à cultura, reuniões, confraternizações, datas comemorativas, como dia dos pais, das mães, das crianças… São tantos acontecimentos e, para todos, a mesma regra: planejamento é tudo!

Mas, o que adianta planejar tão detalhadamente e não ter os profissionais competentes e capacitados para a realização? A execução de qualquer evento só é possível pela dedicação, profissionalismo, trabalho em equipe e dedicação de cada envolvido. E para a realização de um evento são inúmeras pessoas envolvidas que juntas fazem o milagre acontecer, ou como costumo dizer, a orquestra tocar em sintonia e com excelência.

Por isso hoje, 30 de abril, comemoramos o Dia do Profissional de Eventos. Data escolhida por ser a data de aniversário do precursor e responsável pela iniciativa de realização dos grandes eventos no Brasil, Caio de Alcântara Machado. E dessa maneira, hoje é o dia em que homenageamos aqueles que, no momento mágico – que é o evento em si -, nunca aparecem, mas estão orgulhosamente presentes para garantir os melhores resultados.

São muitos os envolvidos: 25 milhões de empregos com 1600 eventos por dia no Brasil. A cadeia de Turismo de Negócios movimenta mais de 50 segmentos da economia brasileira merece todo o respeito e com certeza nossa gratidão. Mais uma vez: Parabéns!

Para receber nossas publicações, cadastre-se aqui em nossa newsletter!

Páscoa: um motivo para não desistir

Além de exemplo do amor maior pela humanidade, Jesus é apontado como grande líder, modelo de gestão de emoções e de pessoas para transformar o mundo

AP-Páscoa.png

Sobre sobre a Páscoa, que dizer? Sobre esses dias “santos”, como refletir?  Se você busca além do bacalhau na mesa e troca de ovos de chocolate, mas talvez não siga uma crença religiosa, não importa… Esse pode ser o momento de voltar a consciência para dentro de si e se auto questionar: como o melhor exemplo de amor do mundo – de Jesus crucificado, morto pela humanidade – pode me transformar? 

Que Deus enviou seu filho à Terra para salvar a humanidade do pecado, de satanás e da morte nas trevas, por meio de seu sangue puro, depois da morte na cruz , todo cristão crê. Mas a visão sobre Jesus Cristo também pode ser ampliada, além do exemplo de amor. Em sua missão na Terra, muitos estudiosos apontam Jesus como o maior líder que já existiu e pode ser seguido nos dias de hoje como modelo para controlar as próprias emoções, gerir pessoas, motivar e ser um agente transformador do seu próprio mundo.

“Um verdadeiro líder é aquele que administra as emoções”, sentencia Daniel Godri,  palestrante, ex professor de Marketing da PUC – PR, referindo-se a Jesus. O autor  lembra que o filho de Deus nasceu em local insalubre, teve uma infância difícil ao lado dos pais, na pobreza e fugindo de inimigos, e na vida adulta, teve apenas três anos para escolher e “treinar” sua equipe, até ser oprimido, perseguido e condenado à morte pelos poderosos da época.

Augusto Cury, um dos escritores mais populares da atualidade, vem estudando Jesus há anos. Sobre o Livro, “O homem mais inteligente da História” , Cury escreve no Prefácio: “Esperava, ao estudar a personalidade de Jesus, encontrar uma inteligência comum, pouco criativa, pouco analítica, pouco instigante, sem gestão da emoção, ou então um ‘herói’ mal construído por galileus. Entretanto, fiquei perplexo.”

Em sua jornada, Jesus vendeu sonhos, “não impunha, apenas propunha”,  e até hoje mantém seguidores fiéis pelo planeta. Que esse exemplo também remeta ao mundo tão intolerante de hoje, para que se conclua: É preciso aceitar diferenças, e reunir numa mesma mesa personalidades diversas, talvez resistentes, mas que podem ser lapidadas para transformar o mundo, junto com você.

Adriana Pontin e equipe lhe deseja boa Páscoa!

 

Parabéns aos jornalistas que tem FUNÇÃO essencial na COMUNICAÇÃO

Nessa data, equipe de Adriana Pontin lembra a essencial função do assessor de imprensa para empresas e outras organizações

São várias datas diferentes para lembrar a importância do mesmo profissional: o Jornalista. 29 de janeiro é a mais citada nos calendários, mas o sete de abril no Brasil talvez seja de maior relevância. Instituída pela Associação Brasileira de Imprensa, em 1931, homenageia o médico e jornalista João Batista Líbero Badaró, assassinado por inimigos políticos, em 22 de novembro de 1830, em São Paulo. Depois da sua morte, um movimento popular  levou à abdicação de D. Pedro I, no dia 7 de abril de 1831.

A profissão de Jornalista, que tem na essência, a propagação de fatos, e no dom, a escrita e a fala, tornou-se popular do grande público como sinônimo de repórter, o que é um erro.  Repórter é uma das funções do Jornalista, assim como editor, pauteiro, redator… E uma das menos conhecidas do grande público tem grande importância dentro de organizações em geral – a de assessor de imprensa.

O papel desse profissional é ser a ponte entre uma empresa ou qualquer organização e os veículos de comunicação – Rádio, TV, Jornais, Portais, etc, gerando notícias positivas que possam ser veiculadas por esses veículos ou facilitando a comunicação entre esses dois elos, esclarecendo fatos ou marcando entrevistas nos casos em que as organizações são o alvo de algum acontecimento.

Um exemplo são as assessorias de imprensa de prefeituras,  diariamente nos noticiários locais, em diversas áreas, e nem sempre de forma positiva. O assessor é procurado por outros jornalistas ligados aos veículos de comunicação, para que ele agende entrevistas com o prefeito ou secretários municipais, que possam dar mais explicações a respeito de um assunto. De outro lado, a função também é orientar os assessorados (executivos, autoridades públicas, ou funcionários de uma empresa) sobre como devem se relacionar com a mídia. 

A assessoria de comunicação vai além, e conta com o Jornalista e uma equipe de  profissionais de marketing, publicidade e propaganda e relações públicas. Zela pela imagem positiva de um cliente e seus produtos e serviços, divulgando acontecimentos, apontando soluções para problemas, organizando eventos e  facilitando o relacionamento com mídia. Para uma empresa, contar com um profissional ou uma equipe dessa área, é uma estratégia com resultados bem sucedidos, de construção de uma boa imagem perante a opinião pública.

Nós, da equipe de Adriana Pontin Excelência Mkt & Eventos, contamos com esse rol de profissionais e atuamos em elaboração de estratégias com foco em resultados. E nesse dia sete de abril,  desejamos a todos os Jornalistas muito sucesso na jornada, que inclui também comprometimento e ética.

Dia de Conscientização do Autismo: o momento de refletir sobre conquistas e preconceitos

Data sancionada no Brasil no ano passado dá luz a uma doença ainda cercada de desconhecimento, desinformação e preconceito.

AP-Feed-0104.png

A nebulosidade ainda paira sobre o conhecimento pleno em torno do autismo. Sabe-se que é uma síndrome que afeta vários aspectos da comunicação e acomete uma a cada 110 pessoas no mundo, e no Brasil atinge 2 milhões de pacientes. Apesar da expressividade, o diagnóstico ainda é impreciso, o tratamento não é padronizado, e as causas, ainda um desafio para a ciência. Por isso, um dia dedicado ao problema dá luz, informa, reduz preconceitos,  e ao mesmo tempo atrai interesses para aumentar os esclarecimentos a respeito. E a cor vira azul.

O azul foi definido como o símbolo do autismo, porque o transtorno acomete mais meninos que meninas. De acordo com o Portal do médico Drauzio Varella, “autismo é um transtorno global do desenvolvimento marcado por três características fundamentais: inabilidade para interagir socialmente; dificuldade no domínio da linguagem para comunicar-se ou lidar com jogos simbólicos; padrão de comportamento restritivo e repetitivo.” O tratamento é feito por uma equipe multidisciplinar, avaliando caso a caso. Familiares que convivem com autistas também precisam de acompanhamento, pois em graus de comprometimento maiores, é preciso equilíbrio e orientações especializadas.

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo, celebrado dia 02 de abril, foi criado em dezembro de 2007 pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de disseminar informações sobre o transtorno. No Brasil, o Dia Nacional de Conscientização sobre o Autismo, foi sancionado apenas em 2018, e desde então, a causa tem ganhado mais visibilidade, mais conquistas de direitos, auxiliando em planos de saúde, escolas e na vida cotidiana.

A data também pretende ter o poder de, aos poucos, eliminar o preconceito ainda persistente. Mesmo se tratando de uma deficiência, o autista, muitas vezes não tem o mesmo olhar da sociedade, o mesmo acesso e locomoção que um cadeirante, por exemplo, pelo fato de andar sem dificuldade, e em alguns casos, ter facilidade em áreas do conhecimento em grau de genialidade. Por isso, é importante lembrar  que o Dia de Conscientização é uma forma  de expor lutas e vitórias. O autista está protegido pela Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, de 2015, e que estabelece inclusive sanções para casos de discriminação. Uma forma de tentar tornar o azul, como um céu sem nuvens…

Dia Mundial da Água

O uso racional e a preservação da água são fundamentais para garantir qualidade de vida para a nossa geração e para as futuras. Faça uso consciente da água!

cartaz-agua-ok

No dia 22 de março de 1992, a ONU, além de instituir o Dia Mundial da Água, divulgou a Declaração Universal dos Direitos da Água, que é ordenada em dez artigos:

  • Art. 1º: A água faz parte do patrimônio do planeta.
  • Art. 2º: A água é a seiva do nosso planeta, ou seja, é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano.
  • Art. 3º: Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados.
  • Art. 4º: O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos.
  • Art. 5º: A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores.
  • Art. 6º: A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.
  • Art. 7º: A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada.
  • Art. 8º: A utilização da água implica no respeito à lei.
  • Art. 9º: A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.
  • Art. 10º: O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.
Fonte: Wikipédia

Amigos tornam a vida mais feliz!

FEED-ADRIANA-003.pngDescobrimos que no Dia do Amigo, existem váaarias datas a serem celebradas… As oficiais, as mais populares, as internacionais, as nacionais, as virtuais… Mil explicações… O Dia Internacional da Amizade é um só: 14 de fevereiro. E aí mais histórias…. Não se sabe exatamente a origem… Mas a mais aceita é que a data foi criada pelos argentinos.

Em especial, um dentista Enrique Febbaro, em homenagem à corrida espacial à lua. Os argentinos adotaram o 14 de fevereiro e outros países teriam seguido a dica. Também há relação com o Dia dos Namorados nos Estados Unidos, o Valentine’s Day, que tem associação com São Valentin e o amor romântico, após lutar contra a proibição do casamento na Idade Média.

Para nós, a data é apenas um pretexto carinhoso para dizermos: “Feliz Dia da Amizade!!!” Ter amigos é não ser sozinho em qualquer hipótese da vida, e por isso separamos esse versículo da Bíblia, que também exaltam a amizade:

“Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos.” (João 15:13)

Desejamos que todos tenhamos verdadeiros e fieis amigos!